Nova greve de Vigilantes



















Conforme informação dada no comunicado nº. 16/2016 – Boletim “O VIGILANTE” nº. 1/2016, os patrões, na última reunião de Conciliação realizada no passado dia 15 de Janeiro de 2016, comprometeram-se a apresentar uma proposta conjunta para negociações na reunião de 12 de Fevereiro.

A verdade é que, inacreditavelmente, nesta reunião, esta proposta conjunta não foi a apresentada pelos patrões! A AES (Associação de Empresas de Segurança) afirmou que não era possível a sua apresentação pelo facto de não ter havido consenso quanto à proposta entre as várias empresas associadas nesta Associação Patronal! Por fim, não se comprometeu a apresentar nenhuma proposta na próxima reunião.



No entanto mostrou-se disponível para continuar a Conciliação com o STAD.
A outra Associação Patronal, a AESIRF ( Associação Nacional das Empresas de Segurança) , também não apresentou por escrito qualquer proposta. Contudo, expôs verbalmente comentários sobre algumas matérias (que parecem demonstrar alguma compreensão negocial) e comprometeu-se a apresentar, por escrito, uma proposta na próxima reunião de Conciliação.

Apesar destas posições, as Associações Patronais continuam a afirmar que estão disponíveis para continuarem o processo de Conciliação com o STAD. Mas, a realidade concreta, é que não houve qualquer progressos nesta reunião - ZERO!



É neste quadro muito complicado que temos estado a negociar e que no próximo dia 4 de Março no
Ministério do Trabalho, vamos continuar a negociar a revisão do CCT/STAD.


Os trabalhadores e trabalhadoras do sector da Segurança Privada estão unidos na defesa de um CCT com direitos justos e aumentos salariais dignos.


Não nos vão cansar ou vão desmobilizar as nossas justas reivindicações! Antes pelo contrário, isso torna-nos ainda mais fortes e decididos e, com a nossa união e força, caso seja necessário, convocaremos novas acções de lutas! Por isto, até à nova reunião de Conciliação de 4.Março.2016, a nossa decisão mantêm-se firme porque a Luta continua!

fonte: STAD




partilhe no Google Plus

About l.g

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Blogger Comment

5 comentários:

  1. Mais um Blog para os Seguranças Privados.
    Denunciar Situações no Sector da Segurança Privada
    TUDO SOBRE SEGURANÇA PRIVADO, colega vem participar…

    http://tudosobresegurancaprivada.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  2. Hola compañeros portugueses.

    Soy español y espero comprendáis el escrito.
    Estoy muy contento de poder escribir en este blog de compañeros portugueses ya que soy vigilante en España y conozco muy bien Portugal porque mi mujer es portuguesa y visito cada año Guimarães jejeje, asi que conozco muy bien esa parte de Portugal.

    Dicho esto pasare a menudo por este blog para poder coger información con vuestro permiso y colocarla en mi foro de vigilantes de España para que vean los españoles que si nosotros nos quejamos de como esta el sector en nuestro país hay lugares que están peor y cobran menos, porque en Portugal encima no podeis llevar ni defensa ni grilletes , que al menos nosotros si podemos llevar por lo que vuestro trabajo es todavía mas difícil.

    Gracias compñaeros y os aseguro que nos veremos pronto

    Un abrazo y seguir luchando por vuestros derechos.

    Un amigo para siempre.

    Josep Marti Sosa

    www.forodevigilantes.com

    ResponderEliminar
  3. Hola Josep,
    gracias, sí yo entiendo :)
    Gracias por escribir...

    Voy a visitar su foro, y si los miembros deséan pueden venir aquí a compartir ideas...
    En algunas formaciones y reuniones con colegas y jefes de empresas tenemos la idea de que en España hay más respeto por la profésion de vigilante.

    abrazos

    ResponderEliminar
  4. No te creas colega, hay mas respeto porque llevamos defensas y grilletes e incluso algunos llevamos spray aunque no este permitido la policía no dice nada pues somos considerados colegas de la policía,pero mucha gente nos desprecia porque prohibimos algunas cosas como fumar droga en nuestro servicio etc, cuando hacemos conciertos etc y la juventud quiere hacer lo que quiere pero no lo permitimos.
    La verdade s que nuestra placa sie s respetada por la gente mas mayor que sabe de nuestra autoridad en determinados servicios.
    Ahora con el nuevo reglamento cuando sea aprobado seremos agentes de la autoridad de nuevo como la policía y eso nos dara mas protección jurídica.

    Un abrazo estimado colega y felicidades por tu blog

    ResponderEliminar
  5. Gracias Josep

    aqui en Portugal no sé si alguna vez nos van categorizar como autoridad

    gracias

    ResponderEliminar

Toda a informação partilhada será da inteira responsabilidade dos intervenientes.
Seja cordial e respeite a opinião dos outros, não ofenda ninguém.
Conforme está consagrado na Constituição da Republica Português, (Art.º 37, nº.1) “todos têm o direito de exprimir e divulgar livremente o seu pensamento pela palavra, pela imagem ou por qualquer outro meio.